Início Textos O Fluir da Vida Nessa Quarentena

O Fluir da Vida Nessa Quarentena

3713
0

Este texto “O Fluir da Vida Nessa Quarentena”, da nossa querida Patrícia Razza foi realizado junto a uma live com o mesmo tema no nosso Canal do Youtube!!!



Você pode ver esse vídeo Clicando Aqui!!!

Além disso você verá neste artigo:

  1. A Vida Surpreende… com Maitê Proença.
  2. O Devorar de Cronos.
  3. Não Vai Chegar Aqui.
  4. Caderno da Introversão.
  5. Indivíduo, Sonhos e Propósitos.
  6. Conclusão.
  7. Bibliografia.

A Vida Surpreende




 

A vida sempre será mais surpreendente disse a atriz Maitê Proença em sua entrevista ao jornalista Roberto d’Ávila, quando questionada sobre o papel que mais a surpreendeu.

E não é que ela tem mesmo razão?

Na virada do ano de 2020, quantos de nós não colocamos no papel algumas metas para o ano novo, coisas para fazer, como aquela viagem sonhada, a dieta necessária, ah! Sim!

Exercícios físicos, provavelmente também faziam parte da lista, passar mais tempo com os amigos e família, ler bons livros, meditar.

O Devorar de Cronos

De verdade, quantos de nós, ao estabelecer as metas, tínhamos consciência de que o tempo não nos permitiria que algumas destas coisas acontecessem por estarmos sempre muito ocupados. Que Cronos iria nos devorar.

Eis então, que certo vírus, surge. A vida surpreendendo.

https://pixabay.com/illustrations/covid-corona-coronavirus-virus-4948866/

Não Vai Chegar Aqui

Notícias se espalham e ainda pensamos bem isso está acontecendo em outro continente. Não vai chegar por aqui.

Chegou e quando damos conta, confinamento. Quarentena!

A princípio, as metas estabelecidas, com exceção das viagens e o social, poderão ser finalmente, executados.

Aliás, incentivos surgem de todas as formas para nos convidar a exercitarmos algumas destas metas.

Alguns deles, inclusive, bastante sensíveis lembrando a nossa humanidade e o prazer que as pequenas coisas proporcionam.

Fazendo parte deste contexto a Terra, mãe Gaia, finalmente, tem o seu momento de descanso e recuperação.

https://pixabay.com/illustrations/world-health-day-medicine-4746550/

Caderno da Introversão





Mas algo no íntimo ainda nos incomoda.

É sobre este incômodo que convido a todos para uma pequena reflexão.

Não é apenas estar fazendo coisas, mas mais do que tudo, é estarmos em nossa própria companhia.

Não temos mais o externo para nos distrair, para ocupar as horas do dia.

Há sete semanas tenho participado de um projeto que iniciou como proposta a escrita de um caderno que foi chamado, Caderno da Introversão.

Um convite para uma viagem interna que compartilho agora afinal, com que prazer e alegria você tem estado consigo mesmo?

Coletivamente ainda não temos respostas para o que será tudo isso pós-pandemia, mas, individualmente é possível fazer a diferença agora para encarar o que virá depois.

A mudança de atitude nunca começa pelo grupo, mas apenas pelo indivíduo. C.G. Jung p.185

https://pixabay.com/photos/lonely-woman-human-person-alone-273629/

Indivíduo, Sonhos e Propósitos

É no indivíduo que nascem os questionamentos.

No individual é possível sonhar, realizar descobrir e contribuir para um mundo melhor a partir daquilo que se é desde que, a ética seja um dos valores cultivados.

Não aquilo que é narrado, mas o vivido intensamente, aquilo que nos é genuíno.

Como disse Gandhi, seja a mudança que você quer ver no mundo.

Para isso é preciso este reencontro com a alma, aquela que habita em nós e que está sufocada por tantos afazeres. Por tantas distrações.

Muito se tem falado sobre propósito, mas, é sabido que se este não for de alma não será válido afinal, aquilo que não pulsa em nós dificilmente será validado porque não será algo de dentro, mas algo de fora para dentro, uma ilusão, um aprisionamento.

Algumas perguntas que provocam.

Supondo que você só tenha o dia de hoje, o que ou pelo o que valeria a pena ter vivido?

Eu participo do ritual da Vida? Como?

Alguns dos senhores têm em sua casa um cantinho onde pode realizar ritos. Onde estão as imagens misteriosas? C. G. Jung §626.




 

Jung em suas viagens pela Índia notou que mesmo na casa mais simples, sempre tinha um canto para orar. Um momento de ritual para ir ao encontro da alma.

A alma é a ponte de ligação entre o EGO e o Self.

É no rito que estamos mais próximos de Deus.

Em que momento do dia você tem este encontro marcado?

O fluir da vida tem relação com esta conversa íntima.

Andei durante muitos anos, tanto que esqueci que possuía uma alma. Onde estavas tu neste tempo todo? Que além te abrigava e te dava guarida? Oh, que tu tenhas de falar através de mim, que minha linguagem e eu sejamos para ti símbolo e expressão! Como devo decifrar-te? C. G. Jung p. 233

https://pixabay.com/photos/candle-flare-up-candlelight-brand-3211183/

Por muito tempo, as ações estavam para fora, com atividades diversas, muitas vezes sem sentido, imprimindo-nos uma agenda cheia.

Não é só fazer coisas, mas, com qual finalidade?

Estamos no tempo da introversão forçada.

Conclusão

Um momento valioso para este reencontro afinal, uma coisa é estar confinado na marra. A outra é estar confinado e em contemplação.

Meu convite é para esta contemplação.

Como os Tuaregues,  pastores seminômades que vivem no deserto.

No Saara cada homem tinha o tempo, a paz e a atmosfera necessários para se encontrar a si mesmo.

https://pixabay.com/vectors/caravan-camels-desert-sunset-4049772/

Que a quarentena flua em harmonia com a sua essência. Uma oportunidade única para repensarmos o que faz, realmente, sentido para cada um de nós.

Lembrando que, se faz doer, faz sentido.

Bibliografia

Jung, C.G. – Volume XVIII OC / 01 – Vida Simbólica.

Jung, C.G. – O Livro Vermelho – Liber Novus.

Vásquez-Figueroa, Alberto – Tuareg.


Patricia Razza
Desde dezembro de 2004 atuando na Direção Geral de uma instituição educacional e cultural na cidade de Jundiaí. Responsável por seis unidades de ensino educacional e projetos institucionais voltados para famílias de baixa renda. Um projeto que envolve 250 profissionais e 1400 crianças e jovens matriculados além dos projetos multiplicadores. Responsável pela execução do Fórum Social, um evento que envolve a participação aproximada de 200 pessoas, com temas atuais e que conta com a participação de outras entidades assistenciais. Estabelecimento de agendas de supervisão pedagógica e administrativa para fins de alinhamento da rotina de trabalho. Experiência sólida profissional envolvendo atividades relacionadas a projetos de mudança sempre com foco na sensibilização dos profissionais para atuarem como seus agentes. Gerenciamento de projetos buscando alavancar vendas e abrir mercado para empresas de pequeno e médio porte tanto no Brasil quanto no Exterior. Atuou como coaching da equipe de consultores da Deloitte Consulting FORMAÇÃO ACADÊMICA: Pós Graduação em Psicologia Analítica – FACIS/IJEP - 2015 em curso Psicologia – Politécnica Anhanguera Jundiaí – 2015 Pedagogia – EAD COC - 2011 Pós Graduação em Psicopedagogia – Faculdades Anchieta – 2006/2007 Sociedade Brasileira de Dinâmica dos Grupos – Especialista – 2000/2005 Pós graduação em Comunicação em Marketing – Escola Superior de Propaganda e Marketing de São Paulo - 1994 Letras – Universidade Hebraico Brasileira Renascença - 1980 IDIOMA: Inglês fluente - falado e escrito Espanhol - regular

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here