Início Todos Kandinsky – Tudo Começa Num Ponto

Kandinsky – Tudo Começa Num Ponto

7459
18

Seu nome, Wassily Wassilyevich Kandinsky.

Nascido em Moscou, Rússia em 4 de dezembro de 1866.

Foi pintor, músico estudioso e professor. É considerado o pai da pintura abstrata.
Estudou Direito e Economia. Em 1895 na Rússia nasceu seu interesse pela pintura quando visitou a exposição dos impressionistas franceses ali apresentada.

Em 1896 ele vai a Paris a fim de iniciar seus estudos artísticos. Estuda em Munique, mas suas maiores influências naquele momento eram os franceses Gaugin, Nabis e Seurat.

Em 1901 funda o grupo de arte Phalanx, e cria uma escola de arte própria. O impressionismo de Monet e o romantismo de Wagner o inspira e assim estuda as cores de maneira claramente espiritualista, onde busca sua própria arte, sua essência, sua vida e sua alma.

Ao final da vida via morar perto de Paris para passar seus últimos dias, os quais mantém-se em atividade, pintando. Morre em Neuilly-sur-Seine em 1944, aos 78 anos.

Kandinsky

Fonte da Imagem: Foto do Autor

Uma exposição maravilhosa e cuja interação com objetos xamânicos esclarece muito seu trajeto na vida e na arte.

Sua importância é grandiosa para a arte, para a psicologia junguiana, arteterapia, e tantas outras áreas que se beneficiam de seus estudos que resolvi gravar este vídeo para que possam apreciar um pouco mais deste fantástico artista.

Assista e depois faça seus comentários:

Espero que tenha gostado!

 

18 COMENTÁRIOS

  1. Excelente visitaçao ás obras de Kandinsky, pinto por intuição. Ele. de certa forma, m inspirou. Libertar-se da forma, explorar os micro e macro cosmos. E os objetos xamânicos, q vivencia a dela, não? Parabéns, pela sensibilidade!!

  2. Adorei a visita a exposição Kandinsky tudo começa com um ponto, maravilhosa a maneira de vc , nos levar os pontos ver inspiração do artista, de outra forma acredito que não ia ver . gratidão

  3. Exposição maravilhosa!!!! E, segundo o próprio autor: ” a natureza dá impulso para a criação, mas copiar não faz sentido: a luz é o mais importante, pois confere o tom emocional e ajuda a estruturar a composição; a forma, entretanto, é a combinação de planos e linhas que cria o movimento”.

  4. Muito linda as obras de arte do Kandinsky, este que introduziu a abstração na arte e que através de sua sensibilidade percebeu que tudo começa num ponto, não só na arte, como na família, na vida e até mesmo em uma discução. E a partir daí, se estabelece o movimento. Gratidão Lino por compartilhar este lindo vídeo. Abraço

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here